Untitled Document
MENU
Buscas
 Portadora de doença rara, garota precisa de ajuda para não perder a visão
Portadora de doença rara, garota precisa de ajuda para não perder a visão
Reportagem de Ronaldo Araújo
Repórter
Publicada 08/02/2018

Uma garota de 18 anos, moradora do bairro da Graça, em Matozinhos, está precisando da sua ajuda. Ana Mayara foi diagnosticada com um estágio avançado de ceratocone – que é uma doença ocular que afeta o formato e a espessura da córnea, provocando a percepção de imagens distorcidas – e precisa de intervenção cirúrgica com urgência. Uma imagem divulgada nesta semana nas redes sociais pedindo ajuda tem comovido os internautas.

Segundo Vivian, conhecida da família, o caso da adolescente é muito grave. Ela precisa conseguir a cirurgia de pelo menos um dos olhos ainda no mês de Fevereiro. “Ela está perdendo a visão. A córnea dela está muito fina e o procedimento precisa ser realizado a laser. É uma família que não tem recurso e a mãe dela ainda fez um emprétismo para comprar um lente que não resolveu o problema, indicada por uma médica de Belo Horizonte”, contou.

Ana foi encaminhada para um especialista após ajuda de amigos. Através disso, ela conseguiu consultas gratuitas e desconto na cirurgia. No entanto, apesar da ajuda, o valor ainda é considerado fora da realidade para a família. “A cirurgia custa R$ 9 mil os dois olhos. Ela precisa colocar um anel de ferrara que custa R$ 1400/cada. Nós já ganhamos um dos anéis, mas precisamos do outro. Ela precisa fazer a cirurgia em um dos olhos ainda em Fevereiro, pois está ficando cega. Temos que conseguir pelo menos R$ 4500 para esse procedimento em uma das vistas”, informou.

Ana Mayara foi aluna da Orquestra Jovem de Matozinhos, tocava viola, mas devido ao problema na visão precisou parar de tocar.

Sobre a ceratocone - A doença inicia-se na puberdade e pode progredir até os 40 anos. Pode ocorrer em ambos os sexo na proporção de 1 caso para 20.000 indivíduos, da população em geral. Apesar de suas causas ainda não serem totalmente determinadas, acreditam estar associada a alergias, ao coçar dos olhos constantemente e também à fatores genéticos.

Como ajudar - A família solicita ajuda financeira para o pagamento da cirurgia. Quem puder contribuir, poderá realizar depósito na conta bancária da mãe de Ana Mayara:

Caixa Econômica Federal
Agência: 0144
OP: 001
Conta corrente: 21062-7
Vilma Nicolau C. Nunes.
Mais informações: 9 9670 7114 (Vivian).

Reportagem: Ronaldo Araújo.

 Documento sem título
Comentários