Untitled Document
MENU
Buscas
 Polícia Civil recupera produtos e veículos roubados em Matozinhos
Polícia Civil recupera produtos e veículos roubados em Matozinhos
Um homem de 30 anos foi preso na ação
Reportagem de Ronaldo Araújo
Repórter
Publicada 13/12/2017

A Polícia Civil recuperou diversos produtos roubados de residências, na tarde desta terça-feira (12), em Matozinhos. Os produtos estavam em um apartamento localizado na Avenida André Favalelli, no bairro Estação. O local, segundo os investigadores, era ocupado por indivíduos conhecidos por crimes contra o patrimônio. Um homem de 30 anos foi preso na ação. Confira as fotos dos produtos com procedência duvidosa no final da matéria.

Conforme apurado, a polícia recebeu informações que um VW/Fox roubado estava estacionado no local, sendo confirmada a denúncia. Os investigadores conseguiram abordar um homem suspeito que tentava sair do condomínio com uma mochila nas costas contendo dinheiro, cordões e aneis, que ele não soube expllicar a procedência.

Durante a diligência, populares informaram que três indivíduos pularam a janela do apartamento, deixando ventiladores ligados, o que significa que saíram às pressas. Os investigadores informaram que os ocupantes estão diretamente envolvidos em roubos a residências e que o apartamento era usado para guardar os produtos.

Foram apreendidos três celulares, computador, mais de R$ 3 mil, duas lanternas, vários bijouterias, balança de banheiro, microsystem, aparelho de DVD, televisão, um simulacro de arma de fogo, colete a prova de bala e camisas da Polícia Civi. Além disso, foram recuperados dois automóveis roubados, sendo um Renault Clio com placa de Pedro Leopoldo e o Vw/Fox com placa de Matozinhos.

O suspeito e todo o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Matozinhos. Os outros envolvidos, que já foram identificados, conseguiram fugir.

Reconhecimento do material – Parte dos produtos apreendidos foram reconhecidos por uma vítima de arrombamento de residência ocorrido em Matozinhos. No entanto, os investigadores pedem a ajuda da população para que outras vítimas possam reconhecer o material (foto).

Para ressarcimento do produto roubado, a vítima precisa comparecer a Delegacia (Rua Francisca Martins, bairro Progresso) e apresentar a Nota Fiscal da compra.

Reportagem: Ronaldo Araújo.

 

 Documento sem título
Fotos
Comentários