Untitled Document
MENU
Buscas
 Resgate de animais vítimas de maus-tratos em Matozinhos
Resgate de animais vítimas de maus-tratos em Matozinhos
Reportagem de Ronaldo Araújo
Repórter
Publicada 04/12/2017

A verificação de uma denúncia de maus-tratos de animais, realizada na manhã de domingo (03), culminou na apreensão de 19 cães, dois muares e dois equinos na Rua Rio de Janeiro, no Centro de Matozinhos. A ação foi executada pelo Grupo de Repressão Unificado de Combate ao abuso e maus-tratos de animais de Minas Gerais (GRUCAM), Polícia Militar do Meio Ambiente e pela Comissão Extraordinária de Proteção aos Animais da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O Deputado Estadual Noraldino Júnior, que é presidente da comissão, publicou vídeos em sua página oficial sofre o fato.

Em uma das postagens, o deputado informou que as denúncias com laudos apontavam precariedade e estado lastimável dos animais, alguns (cavalos) já com laudo técnico de veterinários apontando maus-tratos. “Verificamos que além dos cavalos, o local tinha cães em estado deplorável. Os animais estavam comendo lavagem, com patas quebradas e havia um filhote morto. Os que estavam ali, vivos, poderiam ir a óbito rapidamente. Por isso, fizemos a ação devida de resgate, pois a nossa preocupação era dar atendimento adequado a esses animais”, explicou Noraldino.

Como a ação aconteceu no domingo, não havia um veterinário que constatasse os maus-tratos, mesmo assim, ps animais foram conduzidos para atendimento. Enquanto isso, o dono foi levado para a Delegacia para esclarecimentos. “O cômico é que recebi a informação que o delegado havia determinado a devolução dos animais para o tutor. É logico que não vou entregar, a não ser que tenha uma decisão judicial, que acho muito dificil de acontecer. Saí do local com a polícia apoiando a ação e, se tivesse alguma irregularidade, eles não deixariam levar os animais, que estão sendo atendidos”, contou.

O Deputado criticou ao vivo os dizeres que foram colocados na ocorrência por um Sargento da Polícia Militar do Meio Ambiente. No BO consta que a comissão da Assembleia fez a apreensão dos animais. “Vamos tomar as providências cabíveis. Não recolhemos os animais aleatoriamente. Fomos acompanhados por autoridades”, disse.

No vídeo, também ao vivo e por telefone, o Delegado de plantão explicou a situação e informou que um períto da Polícia Civil deveria ter sido acionado.

Além disso, no boletim de ocorrência consta a versão do dono dos animais, que negou os maus-tratos. De acordo com o BO, os animais são recuperados após serem capturados na rua e, depois tratados, são vendidos. Sobre os cães feridos, ele teria afirmado que adotou recentemente, sendo realizado os primeiros socorros.

Os animais foram encaminhados para atendimento veterinário, mas o local não foi informado. Tentamos contato com o Deputado Noraldino Júnior e com o Delegado de Plantão para comentar o vídeo, mas até o fechamento da reportagem não tivemos sucesso.

Mau-tratar animais é crime, conforme Lei 9.605/98, Art. 32, com detenção de três meses a um ano e multa.

Clique aqui e assista o vídeo com o Deputado explicando toda a situação.

Reportagem: Ronaldo Araújo - foto: Facebook.

 Documento sem título
Comentários