Untitled Document
MENU
Buscas
 Matozinhos, Pedro Leopoldo e outras três cidades vão zerar fila de cirurgias de catarata
Matozinhos, Pedro Leopoldo e outras três cidades vão zerar fila de cirurgias de catarata
O Programa Catarata Zero, através do CISREC, foi assinado nesta quinta-feira. Cinco municípios serão beneficiados.
Reportagem de Ronaldo Araújo
Repórter
Publicada 09/11/2017

Foi realizada nesta quinta-feira (09), em Pedro Leopoldo, a cerimônia de assinatura do contrato junto ao CISREC – Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Calcário – para início do Programa Catarata Zero. Cerca de 500 moradores de cinco cidades (Pedro Leopoldo, Matozinhos, Confins, Vespasino e Santana do Riacho) poderão fazer a cirugia gratuitamente. A cerimonia aconteceu no CEUs (Centro de Artes e Esportes Unificados), localizado no bairro Morada dos Hibiscos.

O Presidente do CISREC e Prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, falou da importância da união dos prefeitos em prol do cidadão. “Notamos que as demandas recorrentes e antigas estão tendo a devida atenção. Não adianta ficarmos lamentando a situação precária dos municípios. Nunca se viu, nessa região, prefeitos tão determinados, parceiros e unidos em busca de soluções que extrapolam os limites territoriais dos municípios. O problema de um acaba virando, através do consórcio, uma preocupação de todos. O que buscamos é uma melhorar a qualidade de vida do cidadão, neste caso, que passará a enxergar”, disse.

Em Pedro Leopoldo, cerca de 250 pessoas estão cadastradas e aguardam a realização do procedimentos. Já em Matozinhos, 85 moradores estão na fila.

“Os municípios têm tido muitas dificuldades em realizar suas cirurgias eletivas, sejam elas de cataratas ou outros tipos. Quando vem um recurso como este, através do CISREC, temos que criar estratégias pra otimizar o maximo, a fim de disponibilzar a população. Com isso, a fila de Catarata em Matozinhos será zerada. É importante ressaltar que estamos levando investimento para ao Hospital de Matozinhos, que vai realizar essas cirurgias. É uma carteira de serviço a mais para viabilizar a unidade de saúde como referência não só em catarata como em outros procedimentos”, disse Marsileidy Siqueira.

O Secretário Municipal de Saúde de Pedro Leopoldo, Fabrício Simões, informou que serão realizadas até 100 cirurgias/dia. A título de comparação, a cota oficial de cirurgias do município a serem realizadas em Belo Horizonte é de três cirurgias/ano.

Sobre o agendamento  - Nos dois municípios, os pacientes que aguardam na fila já estão sendo comunicadas sobre o procedimento.

Para obter mais informações, em Matozinhos, basta ligar no telefone (31) 3712-6774 (Secretaria de Municipal de Saúde) ou procurar o Centro de Especialidades (antigo PA) levando cópia de identidade, cartão SUS, comprovante de endereço e o pedido.

Economia através do Consórcio – O Prefeito de Pedro Leopoldo, Cristiano Marião, explicou que o recurso estava parado na conta do município desde 2010. Através do CISREC, o custo do procedimento caiu pela metade. “Poderia ter sido gasto somente com Pedro Leopoldo, mas tivemos a compreensão do consórcio e um preço mais em conta. O dinheiro foi desbloqueado para ser gasto em outras cidades”.

Consolidação do CISREC – Para o Prefeito de Matozinhos, Antônio Divino, o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Calcário se consolidade como um instrumento de saúde pública na região. “Passa a ocupar um grande espaço nas cidades. São várias as demandas que estão sendo discutidas nas câmaras temáticas”, disse.

O Programa Catarata Zero é financiado com recursos municipais e federais.

Reportagem e foto: Ronaldo Araújo.

 

 Documento sem título
Comentários